Loading...

O CURSO

Incrementar a formação dos profissionais que atuam na área de recuperação judicial e gestão de crise (gestão de turnaround). Entender o processo de recuperação judicial nas suas diferentes etapas. Apresentar estratégias jurídicas, econômicas e financeiras que fundamentam a recuperação de empresas. Desenvolver competências fundamentais para a melhor condução do processo de reestruturação de empresas. Discutir casos práticos.

PÚBLICO

Profissionais com curso superior em administração, direito, economia, ciências contábeis, engenharia de produção e áreas afins.

MATRIZ CURRICULAR


As funções do juiz e do administrador judicial na Recuperação Judicial. Atividades do administrador judicial. Remuneração do administrador judicial. Destituição ou substituição do Administrador Judicial. Os limites de atuação do Administrador Judicial. O relatório de prestação de contas do Administrador Judicial durante a recuperação judicial, no encerramento da recuperação judicial e da falência. As competências multidisciplinares inerentes ao AJ. O AJ como mediador no processo. Dificuldades e soluções relacionadas a função do administrador judicial. Discussão de boas práticas na condução dos processos de insolvência. Cases.

Apresentação de vários estudos de casos com análise e discussão dos aspectos que motivaram o sucesso ou insucesso da recuperação judicial em empresas reais.

Apresentação de vários estudos de casos com análise e discussão dos aspectos que motivaram o sucesso ou insucesso da recuperação judicial em empresas reais.

Função da controladoria na RJ. Controles internos e suas funções. Responsabilidade e autoridade da controladoria e seu papel no processo de gestão empresarial. Controladoria, Contabilidade financeira e gerencial. Ferramentas de controle. Elaboração de relatórios gerenciais. Demonstrações contábeis e financeiras gerenciais. Análises gerenciais. Indicadores de gestão. Custos e precificação de produtos. A controladoria no contexto da gestão de negócios em crise.

Histórico das crises atuais. Identificando as características que precedem a crise de uma organização. Impactos econômicos, financeiros e gerenciais de uma crise. Análise da capacidade de sobrevivência no curto prazo. Avaliação da viabilidade (causas do declínio, gravidade da crise, atitudes dos stakeholders, características da empresa, estrutura preço-custo-despesa). Avaliação de cenários e de alternativas. Avaliação de equipe de gestão.

Identificando uma situação de recuperação. Desafios da gestão de Turnaround. Aspectos financeiros e operacionais. Reestruturação do negócio. Reestruturação das dívidas. Disponibilidade de financiamento. Estratégias para lidar com a crise. Gestão do caixa de curto prazo. Estratégias para geração de caixa de curto prazo. Redução de custos e despesas. Geração de demanda. Importância do Plano de Negócios na gestão de crise. Plano de Ação. Definição do objetivo a ser alcançado. Projeções Financeiras. Cenários alternativos. Avaliação de riscos. Os stakeholders e sua importância no processo de recuperação. Comitê executivo. Indicadores.

O papel da Administração Financeira. Ciclos da empresa: ciclos econômico, operacional e financeiro. Gestão do Capital de Giro: Necessidade de Capital de Giro, Capital de Giro e Tesouraria, Efeito Tesoura. Considerações sobre os componentes do Capital de Giro: Valores a receber de Clientes, Contas a pagar, Estoques. Políticas de Capital de Giro, Demonstração do Fluxo de Caixa. Indicadores econômicos/financeiros relacionados a gestão financeira.

Definição de Motivação; Objetivos da Motivação nas empresas; Como ocorre a Motivação nas Pessoas; O papel das necessidades da Motivação; A importância do Estilo Gerencial na motivação do empregado; Pessoas Motivadas; Promover a Motivação no Trabalho; Avaliação da capacidade de Motivar Pessoas; A importância da Liderança no Trabalho; Diferentes abordagens acerca da Liderança; Características e Tributos que os Líderes devem ter; Estilos de Liderança; Perfil do Líder; Condutas para controlar problemas; Habilidades como Condutor de Reuniões. Qualidades necessárias a um gestor de recuperação. Perfil de gestão adequado. Como liderar a recuperação. Como mobilizar a organização.

Natureza do conhecimento científico. Pesquisa científica. Tipos de trabalhos científicos. O planejamento da pesquisa científica: definição do tema e do problema, os objetivos, a justificativa, a revisão da literatura, métodos da pesquisa, os instrumentos de coleta dos dados, o tratamento e análise dos dados, considerações finais. Defesas e divulgação de resultados de pesquisa. Normas comuns aos trabalhos científicos segundo a ABNT. Estrutura de Artigo Científico.

Administração de Estresse. Conceito e características de Mudança Organizacional. Necessidade de mudança em contexto de crise. Cultura organizacional e mudança. O papel do Individuo e do Coletivo na Mudança. Gestão da Mudança. Avaliação da mudança organizacional.

Princípios de negociação, plano de negociação com etapas estruturadas, estratégias adequadas a cada negociação, forças e fraquezas dos negociadores, interesses, percepções dos problemas, e características pessoais dos negociadores, conflito nas relações interpessoais. Originado de interesse. Originado de percepções. Originado de características pessoais, como administrar os conflitos, o processo de negociação, planejamento, condução, acompanhamento e avaliação, estratégias e táticas de negociação. Táticas ligadas ao uso da informação. Táticas ligadas ao poder. Táticas ligadas ao fator tempo. Táticas baseadas na postura. Como alcançar acordos mutuamente satisfatórios.

Planejamento estratégico, orçamento de capital (investimentos), orçamento estratégico. Introdução ao orçamento, elaboração do orçamento, orçamento de vendas, produção, estoques de produtos acabados, compras, estoques de matérias-primas, custos de mão-de-obra, custos gerais de produção, despesas operacionais (comerciais e administrativos) e caixa. Sistema de informações gerenciais, demonstrativos econômico-financeiros, indicadores de gestão, simulação e análise de sensibilidade, avaliação da execução do orçamento, demonstrativos econômico-financeiros, análise das variações e indicadores de gestão.

O Plano de Recuperação Judicial. Estratégias de recuperação da empresa. Meios de recuperação a serem empregados. Demonstração da viabilidade econômica. Laudo econômico-financeiro. Avaliação de bens e ativos do devedor.

Lei 11.101/2005. Disposições Preliminares. Disposições Comuns a recuperação judicial e falência. Recuperação Judicial. Casos Reais.

Lei 11.101/2005. Da convolação da Recuperação Judicial em Falência. Falência. Recuperação Extrajudicial. Disposições Penais. Disposições Finais e Transitórias. Estudos de casos.

Financiamento de sobrevivência de curto prazo. Definindo prioridades no crédito. Reestruturação das dívidas de curto, médio e longo prazo. Estratégias de redução de custos, despesas e de ativos. Acordos de congelamento e moratória.

NOTÍCIAS

VER MAIS

Dúvidas?

Entre em contato pelo formulário que logo responderemos ;)

  • SELECIONE O(S) CURSO(S) E RETORNAREMOS :)


Tenho interesse